Organizar corretamente a recolha seletiva de resíduos implica conhecer as necessidades e hábitos da comunidade, definindo o tipo de contentores, frequência de recolha e utilização de recursos. A eficiência do serviço a prestar, e.g. as taxas de reciclagem e separação na fonte, a redução do consumo de combustível dependem de uma ação integrada, iniciando-se no trabalho de levantamento de dados e diagnóstico ao sistema de gestão de resíduos.

Fazemos a análise custo-benefício a vários sistemas de recolha, desde porta-a-porta à tradicional contentorização coletiva.

Preparamos Cadernos de Encargos para a concessão de serviços de recolha de resíduos, defendendo a sustentabilidade ambiental e económica, pugnando pela qualidade do serviço e emprego das melhores soluções técnicas.